Tel.: (85) 3013-8372

Cirurgias Plásticas em Fortaleza, Natal e São Luís Tel.: (85) 3013-8372

SIGA E FIQUE INFORMADO

  
  
  

Posição das próteses de silicone na mamoplastia de aumento

Posicao-das-proteses-de-silicone-na-mamoplastia-de-aumento

A escolha do plano de colocação das próteses mamárias na mamoplastia de aumento, isto é, se são colocadas no plano subglandular ou submuscular, é uma das funções do cirurgião plástico e estético na consulta médica.

E para se definir qual a melhor posição das próteses de silicone o seu cirurgião plástico e estético deverá levar em conta algumas características físicas. A qualidade de sua pele, a quantidade de tecido mamário que firá cobrir o implante e o tipo físico da paciente são algumas das características a serem avaliadas.

Além disso, o tamanho da prótese e o objectivo estético da paciente também devem ser tidos em linha de conta.

A colocação dos implantes mamários no plano subglandular (debaixo da glândula mamária) é a mais utilizada dado que é a mais fácil de realizar; é fácil a realização da cavidade por baixo da glândula onde se irá colocar o implante mamário. Este plano está associado a um sangramento menor (e por isso uma menor probabilidade de se colocar drenos), um pós-operatório com menos dor e durante menos tempo.

Este plano não é o mais indicado nos casos de pacientes muito magras e com pouco tecido mamário uma vez que nestas situações é mais provável que a prótese fique visível dado origem a um resultado indesejado. Pode ocorrer, também, a formação de pequenas dobras visíveis a olho nú ou sentidas à palpaçãoo que se designa de “rippling”.

A colocação dos implantes no plano submuscular tem como principal objectivo esconder/camuflar os mesmos uma vez que as próteses ficam cobertas pelo músculo grande peitoral. A possibilidade de se ficar a notar os bordos dos implantes é muito pequena assim como a taxa de desenvolvimento de contratura capsular também é menor.

A colocação dos implantes mamários no plano submuscular está indicado em mulheres magras, com pouco tecido mamário que proteja/recubra as próteses de modo a que não fiquem visíveis.

As mulheres que têm as mamas juntas na linha média, sem separaçãoo entre ela (simastia) e as mulheres com história familiar de neoplasia da mama também têm indicação para a colocação dos implantes no plano submuscular. Nesta última situação pelo facto dos implantes estarem no plano scubmscular não há perigo na realização de biópsias de for necessário.

Esta plano anatómico está associado a um pós-operatório com mais dor, devido à distensão do músculo grande peitoral, a recuperação é mais lenta e o retomar das actividades diárias também demora mais tempo.

Existem ainda outros planos anatómicos onde se poderão colocar os implantes mamarias como eram o dual-plan ou o subfascial.

No dual-plan os implantes ficam cobertos pelo músculo na parte superior e na parte inferior ficam apenas revestidos pela glândula mamária.

No plano subfascial os implantes são colocados por debaixo da fascia/aponevrose do músculo grande peitoral.

Qualquer uma destas localizações das próteses mamárias a paciente pode amamentar normalmente caso engravide.

 

er1

 

selo

 

localização

canal4

fanpage

 

medico-consulta-com-br