Tel.: (85) 3013-8372

Cirurgias Plásticas em Fortaleza, Natal e São Luís Tel.: (85) 3013-8372

SIGA E FIQUE INFORMADO

  
  
  

Entenda como é feita a cirurgia plástica de abdominoplastia

1513

Indicada para mulheres que passaram por várias gestações, pessoas com acúmulo de gordura na região da barriga ou que tiveram perda substancial de peso, a abdominoplastia é focada em restaurar a região abdominal. O procedimento conta com três objetivos principais: remover a pele flácida e a gordura localizada, além de restaurar a musculatura.

Abdominoplastia: como funciona

A intervenção cirúrgica proporciona uma série de vantagens.No entanto, antes de se submeter a qualquer procedimento, é importante conversar com o médico para avaliar qual é o mais adequado para você. A abdominoplastia não é um tratamento para a obesidade, mas tem como objetivo aprimorar o contorno corporal.

Em outras palavras, os candidatos à abdominoplastia devem ser saudáveis e ter um Índice de Massa Corporal (IMC) de, no máximo, 29 – que caracteriza sobrepeso. Os melhores resultados são observados em pessoas com o índice próximo de 25. É por isso que a cirurgia deve ser um complemento à alimentação balanceada e à atividade física.

De acordo com a abdominoplastia consiste na retirada do excesso de pele do abdômen. Ela engloba também um processo de plicatura (reaproximação) dos músculos abdominais, que eventualmente se afastam durante a gestação.

A incisão é feita pouco acima da área pélvica, preferencialmente em uma região em que a cicatriz fique escondida por roupas íntimas ou de banho. Para evitar o acúmulo de fluídos, são colocados pequenos drenos no abdômen durante o procedimento, que podem ser retirados quando o paciente iniciar as sessões de drenagem linfática no pós-operatório.

A duração da cirurgia depende muito da extensão da área e da complexidade de cada caso em particular, mas geralmente leva de duas a três horas. O resultado final do tratamento é uma barriga com aspecto mais definido e pele mais esticada, o que deixa a silhueta simétrica e a cintura marcada. O impacto positivo maior é na autoestima da paciente.

Pré e pós-operatório

A abdominoplastia,  segundo o cirurgião plástico, o procedimento pode ser contraindicado para algumas mulheres. Principalmente, se houver presença de situações que aumentam os riscos da cirurgia, como uma tendência ao desenvolvimento da trombose venosa.

Durante o pré-operatório, portanto, é necessário avaliar o estado geral de saúde da paciente e fatores de risco. Também é recomendado que a mulher recorra à cirurgia quando não tiver mais intenção de engravidar. Do contrário, o abdômen conquistado poderá sofrer alterações.

No pós-operatório, para assegurar bons resultados, é necessário usar cintas elásticas e evitar esforços por, no mínimo, 15 dias. Além disso, é imprescindível cuidar da alimentação e fazer exercícios físicos após a liberação médica: a abdominoplastia não evita o ganho de peso.

Fonte:blog

 

er1

 

selo

 

localização

canal4

fanpage

 

medico-consulta-com-br