Tel.: (85) 3013-8372

Cirurgias Plásticas em Fortaleza, Natal e São Luís Tel.: (85) 3013-8372

SIGA E FIQUE INFORMADO

  
  
  

Peeling químico

peeling-para-manchas-de-acne-2

Peeling Químico: O peeling químico é um método utilizado para tratamento das alterações da pele. A intenção é acelerar o processo de renovação celular a partir das camadas mais profundas da pele, ao mesmo tempo em que são eliminadas as camadas mais superficiais e envelhecidas.

A pele é dinâmica, viva, um órgão em constante renovação. Todos os dias, células novas são produzidas e outras são eliminadas. Mas, com o passar dos anos, diminui a velocidade de renovação destas células. O processo de envelhecimento e a luz solar faz, então, aparecer as temíveis rugas, manchas, flacidez e aspereza.

Os problemas como a acne, a ação hormonal, o passar dos anos, o vento a luz e a genética, acabam por provocar alterações inestéticas na pele. Rugas, sulcos, flacidez, aspereza, manchas, cicatrizes podem surgir alterando a aparência da pele da face e do corpo. Os peelings são um tipo de procedimento que bisca corrigir algumas características causadas pelo envelhecimento da pele.

A princípio, o peeling químico retira uma camada da pele que, posteriormente, será regenerada e receberá um novo aspecto por meio de células com capacidade de reprodução que permanecem em determinados pontos do tecido.

Quanto mais profundo for o peeling, mais cautelosa deve ser sua realização, bem como, seus cuidados no pós-peeling. Isso quer dizer que, não é a classe de peeling que difere estes aspectos, mas a profundidade em que o mesmo é aplicado. Portanto, é este fator que determinará os resultados e os riscos do tratamento.

Uma das dificuldades do peeling, e que pode levar a complicações, é determinar exatamente a quantidade aplicada e a consequente profundidade atingida com a substância química, de modo que qualquer erro neste cálculo pode acarretar em maus resultados.

PERGUNTAS FREQUENTES
A pele é o maior órgão do nosso corpo, composto de milhões de células que nos protegem do meio ambiente e regulam nossa temperatura corporal. Com o decorrer do tempo, manchas escuras, finas linhas e outros sinais de dano solar, como o envelhecimento, começam a aparecer.

O QUE É PEELING QUÍMICO

O peeling químico é o nome que se dá ao procedimento com uso de uma solução aplicada na pele para renovar células mortas e promover a produção de novas. Esta substância tem a função de compactar a pele e reduzir o número de rugas.

Todos os dias, milhares de células da pele morrem, descamam e são substituídas por novas, com o tempo, porém, esse processo fica mais lento. Em razão disso, a pele tem maior dificuldade de renovar manchas escuras ou corrigir o dano causado pelo sol. A função de um peeling químico é criar uma descamação controlada de várias camadas de células danificadas.

O QUE O PEELING QUÍMICO PODE FAZER POR MINHA PELE?

Quando um agente esfoliativo é aplicado na pele, as camadas superiores renascem e, após alguns dias, descamam. Isto expõe uma camada nova, geralmente com uma textura mais lisa e coloração mais uniforme. Somado a isso, a esfoliação estimula o crescimento de novas células, ao esticar a pele e, consequentemente, diminuir as rugas.

Portanto, pode efetivamente atuar na textura da pele, em sardas e manchas irregulares, como as causadas pelos danos solares (incluindo lesões pré-cancerosas e rugas finas). O peeling químico é utilizado, também, no tratamento de cicatrizes de acne.

QUANTOS PEELINGS UMA PESSOA PODE NECESSITAR?

Existem vários tipos de agentes esfoliativos que podem ser utilizados, apresentados em várias concentrações.

Dependendo do paciente, podem ser necessárias concentrações mais potentes ou, ainda, de mais de um peeling químico.

ONDE É REALIZADO? É UM PROCESSO DOLOROSO?

O procedimento é realizado em consultório sem necessidade de internação. Assim que a medicação é aplicada, durante os cinco (5) e sete (7) minutos anteriores, acontece sensação de ardência e queimação, que desaparece sem necessidade de sedação ou anestesia.

POR QUANTO TEMPO DEVO ME AFASTAR DAS ATIVIDADES FÍSICAS?

A maioria das pessoas necessita de cinco (5) a (7) dias para uma total recuperação do peeling químico de média profundidade.

É importante salientar que, como a pele fica sensível à luz por várias semanas, é preciso evitar qualquer exposição solar forte, fazer uso de filtro solar e adotar todas as medidas de proteção.

QUAL O TIPO DE PELE QUE MELHOR RESPONDE AO PEELING QUÍMICO?

As diferentes formas de peeling químico podem atuar em quase todos os tipos de pele, mas o seguinte guia pode ajudar:

Tipo I - Sem rugas, tipicamente em pessoas com menos de 35 anos, que necessitam de pouca maquiagem.

Tipo II – Rugas aparecem somente quando há movimentação na face, ao sorrir, por exemplo. Usualmente, em pessoas entre 25 e 35 anos manifestadas na cor amarelada e com sinais de dano solar precoce.

Tipo III – Rugas aparentes mesmo com a face em repouso, especialmente ao redor dos olhos, boca e testa. Comum em pessoas com idade entre 30 e 65 anos, apresentando descoloração e aparecimento de pequenos vasos sanguíneos.

Tipo IV - Severo envelhecimento, com muitas e profundas rugas.

Os pacientes com peles tipo II e III são os que mais se beneficiam dos peelings médio e superficial.

Os resultados são permanentes?

Sim e não. Este fator vai depender em muito de futuras atividades. Um programa de proteção solar, não fumar, hidratação adequada e, às vezes, o uso de ácido retinoico prolongam bastante os benefícios de um peeling químico.

Fonte:biomed

 

er1

 

selo

 

localização

canal4

fanpage

 

medico-consulta-com-br