Tel.: (85) 3013-8372

Cirurgias Plásticas em Fortaleza, Natal e São Luís Tel.: (85) 3013-8372

SIGA E FIQUE INFORMADO

  
  
  

A lipoescultura tem benefícios e vantagens?

lipo capa

Porque é que a lipoescultura é vantajosa?
A lipoescultura é um procedimento estético e cirúrgico, empregue pela Cirurgia Plástica e Reconstrutiva, com o objectivo de remodelar e esculpir os contornos do corpo.

Ao longo da vida, o corpo masculino e feminino passa por várias fases, com acumulação ou absorção de gordura em determinadas regiões, resultando numa distribuição heterogénea e pouco harmoniosa. Também os factores genéticos têm algum papel na distribuição da gordura subcutânea, levando a grande variabilidade inter pessoas no que toca à morfologia e distribuição da gordura corporal.

Não são raras as situações em que os pacientes procuram reduzir o volume de determinada região do corpo e desejam ver aumentada outras zonas com menos projecção.

A lipoescultura vem responder a estas exigências, associando dois tipos de intervenção estética, a lipoaspiração e o lipofilling ou enxertos de gordura.

O procedimento de lipoescultura tem a vantagem de numa mesma intervenção cirúrgica e anestésica, o cirurgião plástico pode reduzir o volume de determinada região do corpo e aumentar outra, utilizando um produto natural proveniente do próprio doente, a gordura subcutânea aspirada na lipoaspiração.

A gordura aspirada durante a lipoaspiração é tratada segundo um processo específico, antes de ser re-injectada no corpo.

A injecção de gordura, ou lipofilling, melhora os resultados finais da lipoescultura, melhorando a qualidade da pele suprajacente, mantém o aspecto natural da região trabalhada pela inexistência de próteses, e não induz reações inflamatórias de “corpo estranho” nem reações alérgicas pois a substância injectada é proveniente do organismo do próprio doente. È sobretudo um procedimento seguro e naturalmente “mais barato” pois não são utilizados materiais sintéticos.

Quais são as limitações da lipoescultura?

As limitações da lipoescultura vão depender das regiões a serem trabalhadas e da quantidade de gordura disponível para ser reinjectada.

Por um lado, a quantidade de gordura injectada vai depender da quantidade da gordura aspirada. Nem toda a gordura aspirada é reutilizada pois esta é filtrada e tratada, existindo sempre desperdícios.

Por outro lado, em pessoas magras, sem grandes depósitos de tecido adiposo e que procuraram fazer lipofilling de determinada região, o aumento de volume da mesma vai depender da quantidade de gordura aspirada, o que poderá não ser muito.

Por ultimo, parte da gordura injectada é reabsorvida pelo organismo, resultando num volume menor que o inicialmente observado. Este pequeno retrocesso é ultrapassado voltando a fazer novo procedimento, até atingir o volume desejado.

Que regiões podem ser tratadas com injecção ou enxerto de gordura?

A gordura aspirada pode ser injectada em quase todas as regiões subcutâneas do corpo, onde ocorram depressões, irregularidades ou simplesmente pouca projecção por variadas causas como o processo de envelhecimento e emagrecimento, genética, malformações ou traumatismos.

A gordura é muito frequentemente utilizada no tratamento de rugas e sulcos do rosto, reduzindo a profundidade das mesmas. No rosto, o lipofilling é também utilizado para aumentar a projecção da região malar (maçã do rosto), aumentar o volume labial e regularizar os contornos, contribuindo para o rejuvenescimento do rosto.

Outras regiões onde é comum proceder-se à injecção de enxertos de gordura, evitando-se a colocação de próteses, são os seios, os glúteos ou na região gemelar, nas pessoas com pernas muito estreitas e sem as curvaturas naturais.

Fonte: lmrcirurgiaplastica

 

er1

 

selo

 

localização

canal4

fanpage

 

medico-consulta-com-br